sábado, 8 de outubro de 2011

J.

Oh amor, hoje não queria escrever para ti. Tiraram-me todas as esperanças sobre um “nós”. 
Fiquei super triste. Mas confesso que rapidamente me obriguei a levantar e pensei para comigo mesma “eles não sabem do que falam, isto é só entre nós os dois”. 
Sim é verdade, eu posso estar a criar imensas ilusões e tudo o mais, mas se é isso então eu também não quero acordar. 
Sempre teremos a sociedade, amigos e família a julgar-nos. E então?! Que importa o mundo? Eu só te quero mesmo a ti!
E se tudo isto parece impossível, lembra-te:

Algumas coisas, por mais impossíveis e malucas que pareçam, a gente sabe, bem no fundo que foram feitas para um dia dar certo.

E eu jamais me tinha sentido assim com alguém. Obrigada por seres quem és!


3 comentários:

Baladas Mp3 disse...


Mia dolce amica , il tuo blog è molto interessante.
Quando si desidera rifugiarsi in ballate buona di ieri, oggi e sempre in tutte le lingue e generi, io la invito a visitare il mio blog e anche ascoltar la mia voce.
Da questo Sabato 8, dieci cantanti d'Italia.
Dalla città di Rosario, Argentina, Il mio nome è Alberto, spero che la tua visita.
Sempre in :
http://baladasmp3.blogspot.com

jD disse...

Adoreiii :D
Andas muito inspirada tu :P
Continua e não desistas de nada do que queiras , Nada é impossível acredita : ), se a coisas que não dão certo e porque a coisas boas que vão vir : D

Lia Vergottini disse...

Aberto: grazie =)

jD: muito obgda, um beijo de uma amiga que te adora =D